12.1.15

Post celebratório: hoje voltei a cozinhar

Foram tantos dias (acho que 10..) com loiça empilhada na banca (de um bolo de aniversário que irei depois explicar) e sem sequer pegar num tacho. Hoje, finalmente!, voltei a cozinhar. A razão? 'Tá um briol do caralho e eu quero comida quente.

Em água a ferver, bem salgada, cozi massa seca de lacinhos (porque isto é uma celebração e quero um prato fofinho embora já saiba que vá comer na cama). Numa taça, pus brócolos congelados e uma pitada de sal, e cozi-os no micro-ondas (ver instucções do pacote). Simultaneamente, esmaguei um dente de alho e deixei-o a fritar numa frigideira com azeite, em lume brando. Quando este começou a queimar, retirei-o e coloquei no azeite dois tomates secos (conservados em azeite), bem picadinhos, e os brócolos. Temperei com tomilho e manjericão, ambos secos, noz-moscada e pimenta moída. Deixei isto em lume máximo (como tinha a água dos brócolos, nada iria queimar) por 3 minutos e depois juntei a massa (reservar a água!), quase quase cozida, à frigideira, deixando-a estalar um bocado (se necessário, adicionar um pouco de água). Provar e ver do sal! Quando pronto, passei tudo para um prato e quebrei dois ovos de novo na frigideira, onde pus água até cobrir o fundo. "Fritei os ovos em água" e pus-los por cima da massa, no prato. Depois ralei gruyère (um naco particularmente seco que já só serve para isto) e cobri o prato todo com neve de queijinho! Mais pimenta e já está, papinha quente e rápida e linda!

(já a comi, não há foto)
____________________________________________________________________________

O bolo: a Joana fez anos e disse "não quero bolo de chocolate" então fiz um de limão (já não tenho aqui os separadores abertos mas era um bolo alto e fofo que pude cortar a meio para rechear, qualquer coisa assim. Acho que levava algum álcool mas não estou certa!). Fiz um curd de limão sem manteiga (o meu objectivo aqui era não ter de ir ao supermercado porque ainda estava de pijama) com o qual recheei o bolo, e, por fim, bati natas e cobri o bolo com elas. Depois dei numa de decoradora de bolos e fiz bandeirinhas!

O Paulo, o bolo e as bandeirinhas, e a Joana (e sim, é um copo de Sumol).

No comments: