24.1.15

Ontem fui ao pernil assado no Antunes, que dispensa quaisquer apresentações, bebi espadal e comi a delícia da casa. Esta sobremesa é uma coisa muito castiça com doce de ananás feito por eles, com chocolate, café, natas e acho que também tinha caramelo. Eu nem sei bem o que era ao certo mas sei que aquilo era uma amálgama de coisas tão engraçadas que funcionava maravilhosamente. Prémio de melhor sobremesa da categoria "Doce da Casa".

Hoje, ao acordar, senti que era tempo de investir em comida e de voltar a cozinhar com muito amor, fazendo-o com o único propósito de mimar-me. Comprei um lombo de perca e abóbora menina. Pensei em estrear o volume I do Mastering the Art of French Cooking da Julia (Mafalda, és linda!) e fazer Fish Poached in White Wine, mas isto não é um prato que se faça em 30 minutos. Fui então ao Silver Spoon: perca em manteiga com salva. Pareceu-me óptimo tendo em conta que havia ali uma abóbora que também adora salva.

Aqueci o forno a 200 ou 180ºC (já não me recordo). Comecei por descascar e limpar a abóbora, cortei-a em cubos e dispus num tabuleiro para ir ao forno. Temperei com sal, pimenta moída na hora, fio de azeite, salva seca que desfiz com os dedos e levei ao forno. Entretanto, sequei o lombo e temperei-o com sal e pimenta branca e deixei-o a repousar. Tratei de fazer couscous, porque é simples e só requer uma taça e água quente, temperei-o com sal, pimenta e harissa. Voltando ao peixe, na frigideira derreti um pouco de manteiga e deitei uma c. de chá de salva seca, deixei a manteiga tomar sabor enquanto passava o lombo por farinha. Com a manteiga já a acastanhar, pousei o peixe na manteiga, e coloquei o testo na frigideira para que simultaneamente coza o interior do lombo. Deixei-o tostar um pouco. Quando pronto, servi com o couscous e a abóbora e umas gotas de sumo de limão. Finalmente, voltei a cozinhar legumes e peixe com carinho.

No comments: