6.2.11

Hoje sonhei

que a Ana Puga tinha uma leoa (literalmente) em casa e que eu tinha muito medo dela. Às vezes a leoa saía de casa e para nós sairmos também tínhamos que ir num carro pequeno vermelho e praticamente atropelar a pobre da leoa. Ah, o teu pai era um senhor alto (desculpa lá, Sr. João).
Também sonhei que a Parfois estava com muitos muitos saldos e que os brincos estavam a 0,40cents. E que, mais uma vez, estava a demover a Ana de comprar coisas semi-infantis na Parfois.

2 comments:

mariana, a miserável said...

a puga está tramada contigo

teri

adiamento said...

Coisas semi-intantis da Parfois = amor sem fim